ÁGUA: DO CONSUMO À MITOLOGIA

Que a água é essencial para a vida dos seres vivos todos sabem.

Mas ela também tem importância na história e mitologia, que compreende desde o Egito antigo, guerras à procura deste líquido pelo espaço sideral.

Ela está presente na história de muitas civilizações que tiveram seus inícios na beira dos rios ou se aventuraram em expedições pelos mares desconhecidos em busca de riquezas e glórias.

Sua a importância é de tal grandeza que, em muitos povos antigos, ganharam a dimensão de deuses como, por exemplo, descreveremos no decorrer deste texto:

 

Anuket:

Anuket, ou Anúquis, era a encarnação divina do Nilo entre os egípcios. Assim, era também deusa do fluxo das águas e de suas propriedades. Seu nome significa abraçar, pois as águas do rio Nilo abraçavam os campos ao redor e nutriam a terra para o cultivo.

Era representada pela gazela, em uma associação complexa entre a vivacidade da caça e o elemento fertilizante que o Nilo representava. Por “isso, em relação com outras deusas como Neftis, sua representação está ligada à fertilidade e ao nascimento.”

Enki:

Enki, original da Suméria, é um dos principais deuses da Mesopotâmia (os Annunaki) e era o deus da água doce, que para os sumérios era o elemento primordial do qual se gerou a vida no universo. Seu templo era a casa do apzu (a água doce que se separou de Tiamat na origem do mundo, quando Enki corta a cabeça da fera sobra as águas primordiais). Seu principal papel no mundo é nutrir a terra e, assim, possibilitar a vida e a nutrição dos cereais.

Oxum:

Oxum, segunda esposa de Xangô, é a deusa (orixá) das águas doces, dos rios, lagos e cachoeiras. Levando o nome de um importante rio que corta a Nigéria, ela é associada ao ouro e ao jogo de búzios, sendo uma orixá central no panteão candomblista, onde é cultuada também como deusa da sabedoria e do poder feminino. Está ligada também a elementos relativos à beleza, ao amor, à fertilidade e à maternidade, sendo responsável pela proteção dos fetos e das crianças recém-nascidas.

Mama Cocha:

Mama Cocha é a deusa andina de todas as águas, cultuada pelos incas no litoral e no interior do continente, onde há lagos. Seu culto envolve a busca de proteção da deusa contra maremotos, desastres marinhos e pescas improdutivas. Esposa do deus mais importante do panteão andino, Viracocha – e vivendo com ele na esfera universal superior, Mama Cocha é representada na dualidade como o polo feminino, sendo de vital importância na manutenção do equilíbrio do mundo.

 

Iara:

Iara, importante deusa Mãe d’água, a Uiara, ou Iara, é uma deusa comum entre os tupi da América do Sul e é ligada à conservação das águas do continente. A entidade assumiu uma forma de sereia, com rabo de peixe e corpo de uma mulher morena de cabelos longos. Sua lenda conta que era uma grande guerreira que gerou inveja entre os irmãos, que tentam assassiná-la, falham e são mortos por ela. Como punição, Iara é lançada ao rio, onde os peixes a levam até a superfície e transformam seu corpo no seu formato conhecido. Iara continua como grande guerreira, dedicada à proteção da água.

Chalchiuhtlicue:

Chalchiuhtlicue, essa deusa cultuada pelos mexicanos e astecas no México pré-hispânico era a responsável pelos lagos e correntes d’água. É casada com o deus Tlaloc, deus da umidade, dos raios e das tormentas e residente de Teotihuacán, cidade dos deuses. Era deusa das águas superficiais e em terra, não estando ligada às chuvas. Pela associação que os astecas faziam entre a correnteza d’água e uma espécie de batismo, Chalchiuhtlicue está também associada a um patrono dos nascimentos.

 

É indiscutível que a água é extremamente importante para a vida, tanto para o consumo quanto para o cultivo de alimentos. Mas também, extremamente importante para a cultura, crenças e história da humanidade.

 

Além de ser indispensável o consumo adequado de uma água com procedência e de qualidade, conhecer seu papel na história também se torna fundamental.

 

Conheça outros deuses mitológicos, na matéria MUITO ALÉM DE POSEIDON: OS DEUSES DA ÁGUA de André Nogueira em https://aventurasnahistoria.uol.com.br/amp/noticias/reportagem/historia-conheca-a-historia-de-10-deuses-ligados-a-agua.phtml

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email

Deixe seu comentário